Globecenter | Black Friday nos EUA vale a pena?
Está nos EUA no final de novembro e quer fazer umas comprinhas na Black Friday? Mas será que a Black Friday nos EUA vale a pena?
18008
post-template-default,single,single-post,postid-18008,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.5,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive
 

Black Friday nos EUA vale a pena?

21 nov Black Friday nos EUA vale a pena?

Quem não gosta de pagar mais barato pelo mesmo produto? Não há uma pessoa que não goste de uma boa promoção. A Black Friday é um dia de que ficou conhecido mundialmente pelos seus descontos e é muito aguardada por quem tem algum produto, principalmente eletroeletrônico, em mente. Mas, afinal, Black Friday nos EUA vale a pena?

Conheça um pouco sobre o evento norte americano e se a Black Friday nos EUA vale a pena.

O que é a Black Friday nos EUA?

A Black Friday nos EUA é um evento conhecido mundialmente por apresentar descontos de até 90% do preço original do produto.

Ele não tem uma data definida, acontece depois do dia de Ação de Graças (Feriado norte americano), na última semana de Novembro.

Em tese, nesse dia, as lojas abrem meia-noite com descontos incríveis e inéditos, mas ultimamente muitas delas acabam abrindo um pouco antes. A Black Friday é responsável por filas e filas nas lojas, é uma verdadeira batalha.

Muitas pessoas esperam o ano todo para conseguir comprar a tão esperada TV nesse dia, pois os descontos realmente fazem a diferença.

O evento se tornou tão icônico que até o Brasil adotou um pouco dessa estratégia. O mês de novembro é conhecido por ter descontos um pouco melhores que os normais, assim como a Black Friday nos EUA.

A história da Black Friday não é tida como definitiva, ocorreram uma série de fatores que fizeram denominar essa data como “Sexta-feira negra” – tradução do nome do evento.

Uma das histórias remete a uma sexta-feira de 1869, quando houve uma enorme queda no mercado em Wall Street, data que ficou conhecida como “Black Friday”.

Outro motivo que levantam sobre o evento é que, como já dito, ele começa após o dia de Ação de Graças, que é um divisor de águas para a época natalina.

O Natal faz com que o saldo do comércio saia “do vermelho” e passe a ser positivo, vem da expressão “back to black” , muito comum por lá (relação feita por conta de dívidas serem representadas pela cor vermelha).

E, por fim, a história mais recente que aconteceu em 1975, onde os cidadãos Nova-iorquinos passaram a chamar o trânsito de “negro” por conta da confusão causada pelos descontos do dia anterior.

Ou seja, no final das contas, a denominação da Black Friday nos EUA se deu por diversos motivos.

Black Friday nos EUA vale a pena?

Muitas pessoas que estão nos Estados Unidos na época da promoção têm essa dúvida. Será que realmente vale a pena comprar nos EUA, mesmo com o dólar sendo mais valorizado que o real?

De fato, os produtos nos Estados Unidos já são mais baratos que quando vendidos aqui no Brasil, sem nenhuma taxa promocional.

Agora, se comprar na Black Friday nos EUA vale a pena vai muito de produto para produto, da relação do dólar e o real, da porcentagem de desconto, taxações e coisas do gênero.

O mais ideal é que se confira o preço do produto no Brasil, faça uma estimativa em dólar e veja quanto ele sai nos Estados Unidos. Acrescido do desconto já é possível ter uma ideia se irá valer a pena ou não.

Dicas para comprar na Black Friday nos EUA

Se você está nos EUA em dia de Black Friday, elaboramos algumas dicas que podem ser útil na hora da compra, confira:

  • Faça uma lista de todos os produtos que você deseja por ordem de prioridade. Como já foi dito, formam-se filas e o evento é comparado com uma batalha por produtos! Se souber o que procurar ganhará tempo.
  • Faça uma breve pesquisa das lojas que possuem as melhores promoções.
  • Nunca deixe de verificar o valor do dólar e a partir de quantos por cento o produto passará a ser viável nos EUA.
  • Verifique o limite do cartão de crédito para saber o quanto gastar.
  • Há cidades que dão mais descontos que outros (principalmente quando são muito turísticas), como Nova York (grande conhecida por apresentar ótimos descontos). O melhor a se fazer é buscar por esses grandes centros, assim consegue-se fazer compras mais em conta.

No geral, a Black Friday nos EUA vale a pena dependendo do produto, do preço do dólar, taxa, etc., então o ideal é pesquisar bem antes de comprar.